anr_natal
Novidades

Vendas do artesanato paraibano superam R$ 67 mil em feira internacional

Os artesãos paraibanos atingiram mais de R$ 67 mil em vendas na VII Feira Internacional do Artesanato (Finnar), realizada entre os dias 12 e 21 de abril, em Brasília. As tipologias mais vendidas foram algodão colorido, renda renascença e patchwork. O balanço final da participação da Paraíba foi divulgado esta semana e demonstra o potencial mercadológico do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) em eventos desse porte.

Mais de 100 mil pessoas visitaram a Finnar durante os 10 dias de evento. A coordenadora do PAP e primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, também fez questão de conferir de perto o sucesso do estande da Paraíba, que reuniu trabalhos de 32 artesãos de 12 municípios paraibanos. Ela visitou a Finnar no dia 17 de abril, juntamente com o secretário de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Renato Feliciano.

“A Finnar é uma feira de varejo importantíssima e Brasília é uma cidade onde, tradicionalmente, as pessoas curtem artesanato. Geralmente, o povo brasiliense costuma ter peças de arte em suas casas e, por isso, nosso estande foi muito visitado e elogiado. Os artesãos que participaram também se sentiram gratos com a oportunidade e por terem o reconhecimento do público”, destacou a gestora do PAP, Ladjane Barbosa.

Ainda segundo a gestora, a efetiva colaboração e dedicação dos artesãos e técnicos do Programa de Artesanato contribuíram para o resultado positivo e fez com que a participação da Paraíba na Finnar atendesse às expectativas propostas. “Como a Finnar foi a última feira antes da realização do 18º do Salão de Artesanato da Paraíba, foi até uma forma de nos prepararmos com mais incentivo para nosso evento, que será realizado de 7 a 30 de junho, em Campina Grande”, disse Ladjane.

A Finnar contou com 400 expositores, inclusive alguns de outros países. Em meio a essa estação de arte cosmopolita, a Paraíba marcou presença no evento pelo segundo ano consecutivo. O estande do PAP se destacou entre o público como um dos mais visitados pela beleza e diversidade das peças em renda renascença, algodão colorido, patchwork, labirinto, cerâmica, fibra, artesanato indígena, madeira, tecelagem e brinquedos populares.

O Programa de Artesanato da Paraíba é coordenado pela primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, e está vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (Setde).

Fonte: Secom-PB.

Deixe seu comentário

comentarios

Teremos o maior prazer de ouvir seus pensamentos

      Deixe uma resposta

      9 + dezessete =

      Crie sua conta ANR
      Trocar a senha