anr_natal
Novidades

Catadoras transformam lixo em artesanato, em Cacoal, RO


Dez oficinas gratuitas estão sendo oferecidas às catadoras.
Projeto tem objetivo de aumentar renda das trabalhadoras.

O lixo recolhido em Cacoal (RO) se transforma em arte nas mãos de dez catadoras de recicláveis. As mulheres fazem parte da Cooperativa de Catadores de Recicláveis (Coopercatar) e participam do projeto Luxo no Lixo, que conta com oficinas específicas iniciadas neste sábado (13). Nas dez oficinas que serão ministradas, as mulheres aprenderão a fazer artesanato com os materiais retirados do lixo e, assim, complementar a renda familiar, segundo a coordenadora do projeto Maria de Fátima Aparecida Lima. O curso é gratuito e tem carga horária de 40h.

A catadora Graciene Delfino Soares, de 31 anos, diz ver uma possibilidade de complementação de renda com os trabalhos artesanais. Trabalhando com coleta de resíduos sólidos há 10 anos, Graciene conta que nunca se imaginou com uma agulha nas mãos. “Nem sabia que tinha jeito para isso. A essa altura da vida aprender algo novo é muito bom”.

Segundo Graciene, após o término das oficinas, as catadoras devem conversar e discutir um destino para o conhecimento adquirido. “Não dá para aprender algo assim e ficar parado e acaba esquecendo. Vamos sentar e conversar sobre o que faremos, já que temos todos os materiais em mãos e de fácil acesso”, contou.

Serão oferecidas 10 oficinas (Foto: Paula Casagrande/G1)Serão oferecidas 10 oficinas
(Foto: Paula Casagrande/G1)

Angela Maria Barreto tem 33 anos e há dois anos trabalha na cooperativa. De acordo com Angela, a renda mensal das catadoras de R$ 300 poderá aumentar com a confecção dos trabalhos. “Tem que ter força de vontade e criatividade. Nós já temos os recipientes em nosso local de trabalho e vamos ganhar com isso”, acredita.

De acordo com Maria de Fátima Aparecida Lima, coordenadora do projeto, o objetivo maior é oferecer uma nova fonte de renda para as catadoras. “Elas estão aprendendo a agregar valor ao trabalho que já exercem. Como o material pode ser todo retirado do que as outras pessoas jogam fora o custo é mínimo e dá para lucrar”, acredita Fátima.

O curso é uma parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). As aulas estão sendo ministradas na Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri). Os produtos confeccionados, segundo Fátima, serão expostos durante a 4ª Conferência Municipal do Meio Ambiente que acontece em Cacoal, nos dias 14 e 15 de agosto e terá como tema Resíduos Sólidos.

FONTE: G1 Rondônia

Deixe seu comentário

comentarios

Teremos o maior prazer de ouvir seus pensamentos

      Deixe uma resposta

      11 + 15 =

      Crie sua conta ANR
      Trocar a senha